IMG_4714.jpg

Pedro Salles

Sou fotógrafo retratista, formado em sociologia da arte e antropologia pela UFBA. Meu trabalho com audiovisual começou na periferia de Salvador, bairro de Cajazeiras, onde organizei um projeto de audiovisual comunitário. Fizemos documentários sobre os rios da cidade, videoclipes de bandas de rap em praças bem como em estúdio. Este foi um momento rico de percorrer a cidade, conhecer seus moradores, seus desejos e medos. Era um momento principalmente de deslocar o olhar para compreender como estes jovens veem a si mesmos e a cidade em que moram. Em um segundo momento, o trabalho como retratista ganhou novos contornos e foi expandido para a cidade como um todo. O desafio principal era o de conhecer pessoas por meio da fotografia. Em outras palavras, tentar entender como essas pessoas gostariam de se perceber em uma fotografia. O trabalho do retratista possui, assim, a vantagem de transformar a fotografia em um exercício de diálogo. O ensaio fotográfico acontece como uma conversa. Você escolhe umas expressões daí, eu faço umas provocações de cá. Você me conta uma história bastante sua, eu aguardo para te interromper. "Pera". Click.